Username Password
 
Lembrar dados?
Entrar
Registe-se
Recuperar Password
Publicidade
Membros Online
+ 0 utilizadores ( visitantes e membros)
Publicidade

Notícias

4 dicas para formar os futuros condóminos
terça-feira, 7 de Julho de 2020 | 12:51   lida: 531 vezes

Os adultos podem desde cedo ajudar as crianças a criar consciência cívica no que diz respeito à vivência em sociedade e em condomínio.

Se tem filhos pequenos sabe, com certeza, o difícil que é manter a casa limpa e arrumada. Os quartos dos miúdos parecem ser constantemente invadidos por pequenas mãos desorganizadas e a sala dificilmente se encontra sem vestígios de migalhas do pão e das bolachas que eles vão petiscando ao longo do dia.

No entanto, há duas boas notícias: a primeira é que eles crescem e tornam esta organização mais simples; a segunda é que nós podemos desde cedo ajudá-los a criar consciência cívica no que diz respeito à vivência em sociedade e em condomínio.

Assim, a Loja do Condomínio deixa quatro dicas para que as nossas crianças de hoje sempre os melhores condóminos ‘amanhã’:

O exemplo começa em casa
Antes de mais, não há dúvidas de que ‘se as crianças observam, elas fazem’. Ou seja, se elas se habituarem a ver os seus pais a contribuir para o bem-estar do condomínio e para as boas relações com os vizinhos, mais facilmente adotarão para si mesmas estas ações. Por isso, não se esqueça de dar o exemplo!

Tarefas para todas as idades
Os pediatras e os especialistas na área do desenvolvimento infantil são unânimes na opinião de que o envolvimento dos mais novos no cuidado com o lar é essencial não só para a organização do mesmo, mas também para o desenvolvimento motor e para a conquista de responsabilidade das crianças.

Por isso, os pais devem estabelecer desde cedo as tarefas que os seus filhos têm de desempenhar – as quais podem ser fixas, ou escalonadas, no caso de existência de irmãos.

E no que à vida do condomínio diz respeito, isto é tão simples quanto envolver os pequenos na reciclagem, na colocação do lixo nos respetivos contentores e até na tarefa básica de não sujarem as áreas comuns do prédio.

Solidariedade sempre
O espírito de ajuda e de solidariedade não deve, de facto, ter idade. Mas a partir dos 12 anos, as crianças começam já a estar aptas para se tornarem mais ativas nesta área. Envolver os adolescentes na ajuda a vizinhos mais debilitados ou necessitados é também reforçar a sua autoconfiança e responsabilidade.

Auxiliar um vizinho idoso a subir as escadas, levar-lhe as compras a casa e fazer-lhe pequenas tarefas são exemplos de ações que criam um condomínio melhor e uma sociedade também muito mais equilibrada.

Respeito pelo condomínio
Há coisas muito simples, mas que fazem toda a diferença: não atirar lixo para o chão, não sujar nem estragar as zonas comuns e cuidar dos espaços do prédio como sendo o nosso lar são apenas exemplos de ações que prolongam a vida e a saúde dos nossos condomínios.

A mensagem é esta: se respeitamos e cuidamos da casa onde todos os dias dormimos, devemos fazer o mesmo com o espaço que nos leva até ela.

Como pode ver, o pequeno condómino que partilha o espaço consigo pode vir a ser o seu braço direito na boa manutenção do condomínio. E neste mês em que se comemora o Dia da Criança, um dos melhores presentes que pode dar à que tem em sua casa pode realmente passar por prepará-la para ser não apenas um melhor condómino, mas também uma melhor pessoa!

Notícia inserida por: Administrador
Comentar Notícia
Acesso Reservado a Membros
Insira os seus dados de acesso a membros para poder efectuar um comentário.

Caso não seja um utilizador registado!
Ao realizar o registo pode aceder a todas as áreas restrictas do site.
O registo é GRATUITO.
Comentários Comentários a esta notícia ( 0 )
Share/Bookmark
Não existe nenhuma sondagem em curso...
Partilhe connosco alguma situação engraçada, curiosa ou estranha que tenha ocorrido no condomínio.

Porque nem tudo tem que ser aborrecido ou questões legais!
4 dicas para formar os futuros condóminos
Cuidado com o que guarda nas arrecadações!
COVID 19: Como é que os condóminos devem lidar com esta ameaça?
Elevador: a mais-valia da modernização
LDC alerta para lacuna fiscal na validação das faturas de 2019
Defeitos graves e não graves nas instalações de gás: quais são?
A importância dos hidrantes exteriores
Manutenção do prédio: uma prioridade (de)vida!
Que tinta escolher para a fachada do edifício?
Como juntar e separar frações autónomas?
Dicas para elaborar o orçamento do condomínio
Atenção às placas de sinalização!
O que fazer com a casa do porteiro quando ele não existe?
Que administrador eleger?
Impacto do Alojamento Local nos condomínios
Pesquisar